Centro de Pesquisa
e Publicação Acadêmica
  • Foto 02
  • Foto 01
  • Slides

A Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) lançará na próxima terça-feira, 8 de maio, o plano de ação de pesquisa do Centro de Pesquisa e Publicação Acadêmica (CEPEP). A cerimônia será realizada às 17h na sede da Emeron, quando serão apresentadas as próximas ações do Centro e também os grupos de pesquisa que terão início ainda este ano. O evento contará com a presença de mestrandos e doutorandos bolsistas, além de interessados em integrar projetos de pesquisa acadêmica e científica.

 

O CEPEP foi criado em 2015 com o objetivo de produzir conhecimento científico para desenvolver e aprimorar a prestação jurisdicional em Rondônia. Seu funcionamento é gerido pela Resolução Nº 007/2015-PR, que institui o Programa de Pesquisa, Publicação e Intercâmbio – PPPI, e que, atualmente, tem dois de seus três subprogramas ativos.

 

Na ocasião, será lançada uma nova etapa do Subprograma de Fomento, o que tornará o CEPEP totalmente alinhado ao sistema nacional oficial de pesquisa e pós-graduação. Serão implementados quatro grupos próprios, nas áreas de pesquisas jurídicas, sociojurídicas e de gestão, cujos conhecimentos sejam aplicáveis às áreas de atividade do Poder Judiciário. Com o início da produção científica e acadêmica, tem início também o Subprograma de Publicação, para a disseminação de artigos e outros produtos.

 

Os grupos, cadastrados no Diretório de Grupos de Pesquisa da Plataforma Lattes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), terão como temas: Sistema Nacional de Precedentes; Administração Judiciária e Tecnologia, este com as linhas: “Gestão e processos organizacionais” e “Tecnologia e inovação aplicadas aos serviços judiciários”; Direitos Humanos e Execução Penal, nas linhas “Justiciabilidade dos direitos humanos” e “Execução penal e ressocialização”; e o último grupo, Justiça, Família e Sociedade, tem como linhas de pesquisa “Violência contra a mulher, a criança e o adolescente” e “Poder Judiciário, família e cultura amazônica”.

 

No lançamento também serão apresentados o cronograma e os critérios para ingresso nos grupos.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO