Geral

 

O Diretor da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia – EMERON em Exercício, Juiz Guilherme Ribeiro Baldan, no uso de suas atribuições legais, torna pública a PRORROGAÇÃO DAS ETAPAS, conforme NOVO CRONOGRAMA DE EVENTOS (Anexo I) abaixo, relativas ao processo seletivo de servidores do Poder Judiciário do Estado de Rondônia interessados ao ingresso no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão Cartorária Judicial - GESC/2018, conforme o que segue:

As inscrições neste Processo Seletivo deverão ser efetuadas EXCLUSIVAMENTE por meio eletrônico, no sítio da Emeron (menu inscrições) e Portal do Servidor, no período de 21/12/2017 a 16/02/2018, observado horário oficial de Rondônia, conforme Cronograma de eventos (Anexo I).

 

ANEXO I - CRONOGRAMA DE EVENTOSEVENTOS

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

 

Na noite de ontem, 12, foi realizada a I Mostra Cultural do Judiciário em Ji-Paraná, replicação da III Mostra Cultural do Judiciário, realizado em Porto Velho nos dias 13 e 14 de novembro. Assim, como na Capital, a Mostra em Ji-Paraná apresentou fotografias e artes plásticas, música, poesia e cinema.

 

A ideia de reproduzir o evento na cidade surgiu da satisfação e do interesse dos serventuários em participar da iniciativa, que tem como principal objetivo a valorização e a humanização da gestão de pessoas, utilizando-se da arte como instrumento. A Mostra também é momento de congregação, pois aproxima familiares e a sociedade da instituição e de seus colaboradores. Além de servidores, magistrados e familiares, membros da sociedade local participaram do evento.

 

A emoção marcou o início do espetáculo. Agnes Fernandes, da 1ª Vara Criminal, declamou a poesia Sonho, de sua autoria, que narra sua trajetória como servidora do Tribunal de Justiça de Rondônia. “Órgão de grande expressão que arrancou e arranca suspiros e alegrias profundas do meu coração / Lugar sem igual é pertencer ao seu quadro Tribunal”, diz um trecho do poema. Em seguida, em homenagem aos colegas Rosilane Gomes, Gercílio Oliveira e Mardilene Justiniano, que assim como ela, encerram em breve sua jornada na instituição, recitou a poesia “Antologia de um servidor”, de Mário Corilaço.

 

“É bonito ver o carinho dos servidores a essa instituição que nos acolheu, e do qual tenho muito orgulho de fazer parte. É essa dedicação que nos permite ser o órgão de excelência que somos, em auxílio daqueles que buscam justiça. Além disso, é uma maravilha poder descobrir talentos”, afirmou a Juíza Ana Valéria Ziparro, idealizadora e apresentadora do evento.

 

O Verdadeiro Amor, filme criado e produzido pelos servidores da 2ª Vara Cível ganhou calorosas palmas da plateia e até uma proposta do Prefeito da cidade. “Estou tão impressionado com o talento de vocês que estou pensando seriamente em empresariar o grupo”, brincou Jesualdo Pires. Encerrando o primeiro bloco, o Grupo Atitude apresentou Aleluia, de Gabriela Rocha.

 

Ao interagir com o público, Ana Valéria entrevistou algumas autoridades locais que apoiaram a realização do evento. O prefeito de Ji-Paraná destacou a importância da Mostra para a cultura da cidade, desejando que ela seja inserido no calendário cultural do município nos próximos anos. Jesualdo classificou a iniciativa como a representação do verdadeiro espírito de Natal, que é a reunião de pessoas para a celebração da vida e buscar forças para o ano que se inicia.

 

A fala foi corroborada pelo Presidente da Câmara Municipal, Afonso Cândido, que salientou a relevância da união entre os poderes executivo, legislativo e judiciário para o desenvolvimento da cidade e de seus moradores; e pela vereadora Silvia Cristina, que enalteceu a iniciativa para o fortalecimento da cultura local. O Diretor Administrativo da Unimed Ji-Paraná, Rodrigo Ziparro, afirmou que a colaboração da entidade com a Mostra Cultural faz parte da política de ação social da Cooperativa.

 

O segundo bloco foi voltado aos clássicos românticos. Martina Mariana, Nathiely Cavelheiro e Weliton Alexandre apresentaram a música When I Gone, de Anna Kendrick com cup song, percussão feita com copos. Em seguida a médica Laís Persona interpretou os temas de filme My Heart Will Go On, de Titanic, e I Don’t Wanna Miss a Thing, de Armaggedon.

 

Surpreendendo a todos, o técnico de informática Paulo César Jardim mostrou sua experiência de mais de 20 anos como pianista ao tocar Thousand Years, acompanhado do saxofonista Ronaldo Pereira. Em alto-astral, Grupo Musical Atitude, do IFRO, levantou o público com Quando a chuva passar, de Ivete Sangalo, e suas versões instrumentais de Careless Whisper e Despacito, com direito a solo de saxofone.

 

No último bloco, Nathiely Cavalheiro voltou ao palco para cantar Piloto Automático, da Banda Supercombo. O momento fofura do espetáculo ficou por conta da participação de Analuz, de 8 anos, neta da servidora aposentada Maricélia. Junto com Nathiely, Analuz encantou com o sucesso Era uma vez, de Kell Smith.

 

Trazendo uma lição de coletividade, o Coral Nosso Tom, formado por servidores de Santa Luzia d’Oeste, encantou com sua versão de Trem Bala, de Ana Vilela. Ana Valéria e o Juiz João Valério Silva Neto, também apresentador do evento, parabenizaram a resolução da Juíza Larissa Pinho em apoiar o coral e promover a integração de seus servidores de trabalho por meio da expressão artística.

 

Encerrando as apresentações, o Juiz Oscar Francisco Alves, acompanhado de um quarteto de cordas formado por suas filhas e amigos, interpretou a canção You Raise me Up, de Josh Groban.

 

Finalizando o evento, os apresentadores agradeceram à administração do Tribunal de Justiça e da Escola da Magistratura de Rondônia – Emeron pelo apoio na realização da I Mostra Cultural do Judiciário em Ji-Paraná, assim como a equipe da 2ª Vara Cível, que prestou apoio logístico. Ao final, todos os artistas e equipe foram chamados ao palco para uma foto oficial.

 

Solidariedade

 

A Mostra Cultural, além da finalidade artística e institucionais, tem cunho filantrópico. Todos os brinquedos, novos e usados, arrecadados na troca pelo ingresso foram entregues à Polícia Militar de Ji-Paraná. As doações integrarão a ação voluntária dos policiais militares para distribuição de presentes à crianças carentes, em razão do período Natalino.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Fotos: Sérgio de Andrade

Para se comunicar com a EMERON, utilize as formas de contato listadas abaixo. Poderemos assim, responder às suas manifestações.

 

E-mail

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Porto Velho

Sede da Escola da Magistratura de Rondônia
Rua Tabajara, 834
Bairro Olaria
CEP 76.801-316
(69) 3217-1066 - Recepção

 

Ji-Paraná

Fórum Des. Hugo Auller
Rua Ji-Paraná, 615
Urupá
CEP: 76900-261

 

ULBRA

Bloco B
Secretaria: Sala 17
Sala de Aula: Sala 38 (1º Piso)

Av. Engº. Manfredo Barata Almeida da Fonseca, 762
Jd. Aurélio Bernardi
CEP 76.907-438
(69) 3421-3319

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066