Encerrando a Programação do XLVII Encontro do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (COPEDEM), nesta sexta-feira (6/4), o diretor da Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT), desembargador Marco Villas Boas, fez a leitura da Carta de Palmas, documento produzido pelos participantes do evento.

A Carta é resultado dos dois dias de discussão e aprendizado proporcionados pelo Colégio e visa subsidiar as ações futuras das Escolas participantes. A Emeron, representada por seu Diretor Desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia, também colaborou na construção das orientações.

No documento, o Colégio deliberou que as metodologias ativas de aprendizado devem nortear o ensino acadêmico e profissional, seja na modalidade presencial ou à distância; e a Formação Continuada Lato e Stricto Sensu nas Escolas de Governo e Judiciais constitui dever do Estado e direito/dever fundamental dos magistrados e servidores públicos.

Confira a Carta do COPEDEM na íntegra.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron (com informações da ESMAT)

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066