Estão abertas as inscrições para o seminário acadêmico “Direitos Humanos e populações tradicionais, periféricas e pauperizadas nos contextos das novas ordens globalizadas”, que será realizado pelo mestrado profissional interdisciplinar em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça (DHJUS), oferecido em parceria entre a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) e a Universidade Federal de Rondônia (Unir), no próximo dia 13 de junho (quarta-feira), das 14h às 22h.

O seminário é uma atividade acadêmica que tem como objetivo comparar e documentar as relações socioambientais e os direitos humanos das populações tradicionais, periféricas e pauperizadas da área do rio Madeira, em Porto Velho, a partir da reflexão sobre a reorganização dos espaços de vida e moradia dessas populações e dos grandes impactos socioambientais decorridos do desmoronamento das margens do rio Madeira em 2012 e da enchente do mesmo rio em 2014.

Programação

Iniciando a programação, às 14h30, o doutor em Ciências Biológicas pela Universidade de Michigan – Ann Arbor (EUA), Philip Fearnside, ministrará palestra de mesmo nome do seminário. Em seguida, o coordenador do evento e professor do DHJUS Marco Antônio Domingues Teixeira mediará uma mesa de debates entre o palestrante e o Educador Popular Iremar Antônio Ferreira.

A partir das 16h30, trabalhos e comunicações com temática socioambiental serão apresentados pelos acadêmicos do DHJUS, de outras instituições e grupos de pesquisa, com a finalidade de organizar uma publicação temática específica.

Às 19h, Marco Teixeira abrirá a mesa-redonda programada para a noite, com a exposição “A construção sociocultural da pobreza nas sociedades periféricas do Ocidente”. A seguir, Iremar Ferreira abordará o tema “As transformações do modo de vida das populações tradicionais ribeirinhas do Madeira: de comunidades a periféricos e da autossuficiência à vulnerabilização”. Finalizando as exposições, Dr. Philip tratará sobre “Hidrelétricas na Amazônia e conflitos com as populações tradicionais: expulsões e pauperizações”.

O seminário será encerrado com a apresentação de documentário e debate sobre a obra.

Inscrições

A ação será realizada no auditório do Tribunal de Justiça de Rondônia (Rua José Camacho, 585, Olaria) e tem como público-alvo os mestrandos das duas turmas do DHJUS, acadêmicos e interessados pela temática.

O seminário, aberto ao público e gratuito, oferece 180 vagas. As inscrições devem ser feitas até o dia 12 de junho no menu Inscrições no Portal da Emeron. Caso haja o preenchimento do número de vagas antes do prazo, estas serão automaticamente suspensas.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066