Nos dias 3 e 4 de outubro, aconteceu a segunda turma do curso “Atendimento ao público interno com ênfase na ética pessoal e profissional”, voltado a 30 servidores do Tribunal de Justiça de Rondônia nas áreas de tecnologia da informação, gestão de pessoas e conselho da magistratura. Promovida pela Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron), a formação foi realizada na sede da Associação dos Magistrados de Rondônia, em Porto Velho.

Ministrado pelo diretor do Departamento Judicial da Corregedoria-Geral da Justiça, Rodolfo Fernandes, o curso visa que os participantes apliquem os conhecimentos adquiridos para aperfeiçoar o atendimento ao público interno, aumentando os resultados satisfatórios e prevenindo conflitos por meio de métodos, ferramentas e técnicas adequadas para o tratamento de situações difíceis. “São servidores da área meio, de secretarias do tribunal, então apresentamos técnicas para as secretarias, de como conversar com o colaborador interno, e fomos desenvolvendo. O curso anterior, que era de técnicas de atendimento ao público em geral, envolvia tanto externo quanto interno”, explica Rodolfo.

O conteúdo passou por tópicos como a excelência no atendimento, envolvendo relacionamento, postura e pró-atividade, estado emocional do cliente, comunicação e linguagem corporativa, cordialidade e acolhimento nas relações interpessoais, gestão de conflitos, mecanismos de defesa, escuta empática e comportamento assertivo. O ministrante destaca que todo tipo de melhoria no atendimento ao público interno repercute positivamente na comunicação institucional e na vida profissional do servidor, reduzindo o nível de estresse e melhorando o ambiente de trabalho.

Pedro Lino Gonçalves, lotado na Secretaria de Gestão de Pessoas, entusiasmou-se com os temas abordados e dinâmicas realizadas: “Agimos muito no automático no tratamento com os clientes internos, então o propósito do curso é promover essa reflexão, o foco do cliente, não o meu foco enquanto fornecedor. É muito interessante porque a temática pondera esse direcionamento e foram simuladas algumas rotinas organizacionais, o que possibilitou a reflexão, engrandecendo e contribuindo muito para a prática do dia a dia das nossas rotinas”.

Investir no atendimento excelente com ênfase na ética pessoal e profissional é uma necessidade já reconhecida pelo PJRO, fundamentada no Programa Gestão por Competências por meio dos resultados do 5º Ciclo de Avaliação de Desempenho, que indicaram a necessidade de planejamento de ações de formação e aperfeiçoamento dos servidores nessa temática. A ideia é disseminar as técnicas do curso nas equipes, conforme conta Rodolfo: “No final, demos um calendário com todas as dicas principais, para que o servidor chegue no seu ambiente de trabalho e seja um farol, pois em tese estará com um comportamento diferenciado perante os outros, o que vai por consequência fazer com que os demais também se sintam compelidos a utilizar essas dicas e técnicas que aquele colega trouxe”. O instrutor destaca o potencial multiplicador do grupo: “Essa turma é de um nível muito bom de servidores, que estão dispostos à mudança”.

Pedro compartilha que esse processo já se iniciou durante o próprio curso. “Eu sou da secretaria e tem o pessoal do departamento (de gestão de pessoas), as abordagens aqui favoreceram inclusive o nosso intercâmbio, a reflexão sobre a prática diária das nossas rotinas, agora a gente precisa de vivências que favoreçam esse novo modelo, pois é um novo paradigma”, diz. Ele também reconhece a importância da Emeron nesse processo: “Eu acho de muita relevância ver a Escola da Magistratura modernizando as práticas de gestão. É muito significado para o tribunal, é o próprio tribunal se repensando enquanto instituição, e o que é melhor: ter um instrutor interno que sabe da tua realidade, e que temos muito a crescer conosco mesmos, porque quem sabe onde estão os problemas, senão nós que estamos no dia a dia lidando com o outro?”, questiona.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066