Durante os dias 8 a 11 de outubro, o servidor Thiago Fleury Cotrim, da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC) do Tribunal de Justiça de Rondônia, participou do terceiro e último módulo do curso “NetBackup 8.1: Advanced Administration, Maintenance and Troubleshooting”, promovido em São Paulo (SP) pela Veritas Technologies. A formação é viabilizada por meio da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron).

A área de segurança da informação tem, entre outras atribuições, a de permanente aperfeiçoamento, controle e fiscalização dos recursos de TI. O principal objetivo dessa fiscalização é contribuir para a melhoria da gestão pública, para assegurar que a tecnologia da informação agregue valor ao negócio em benefício da sociedade, evidenciando assim que a segurança da informação é considerada pelo órgão uma atividade estratégica.

Segundo Thiago, que é chefe da Seção de Continuidade de Serviços Essenciais de TIC (Secse), na Divisão de Segurança da Informação (Disein) do Departamento de Serviços e Infraestrutura de TIC (Desein), “o TJRO produz, cada vez mais, informações virtualizadas de valor inestimável, sendo uma das responsabilidades da STIC a garantia destas informações. Visando o processo de continuidade do negócio do Tribunal e a proteção das informações, a infraestrutura de backup tem papel importantíssimo”.

Nesse sentido, o curso visa apresentar, fundamentar e descrever diversas técnicas de backup, além de discutir sobre as novidades do Veritas Netbackup e suas aplicações no ambiente do PJRO. O objetivo geral é consolidar conhecimentos para a evolução da estrutura de backup, garantindo segurança aos dados e agregando qualidade aos serviços prestados ao público interno e externo do Tribunal, e à sociedade como um todo.

Ministrado por Fernando Cabrera, instrutor sênior em tecnologias de alta disponibilidade, o curso aborda solução de problemas de: métodos e ferramentas, comunicação, dispositivos e mídia de fita, backups de disco, desduplicação do NetBackup, políticas de ciclo de vida de armazenamento; além de registro de depuração, introdução à análise de log e catálogo e fluxo do processo do NetBackup.

A análise de vulnerabilidades é responsável por garantir a detecção, remoção e controle das mesmas em um tempo aceitável. “Este treinamento me aprofunda o know-how sobre a ferramenta de backup, revisando políticas, conceitos e práticas adotadas no PJRO. Estamos aderindo às melhores práticas existentes de garantia das informações”, conclui Thiago.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066