Em clima de solidariedade natalina, a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) inicia hoje, 05, a campanha Saber Solidário, que visa a arrecadação de donativos para o Aconchego da Vó Maria, casa que cuida de mais de 100 crianças carentes na zona leste de Porto Velho

A campanha surgiu por iniciativa dos servidores da Escola e aproveita o intenso fluxo de pessoas diariamente na instituição de ensino para impulsionar a solidariedade. “Como a Escola tem grande circulação diária de pessoas participando de capacitações, pensamos em aproveitar essa passagem delas por aqui para promover não apenas os conhecimentos técnicos, mas a reflexão e a prática do humanismo e da responsabilidade social, dois valores muito importantes na nossa vivência enquanto servidores públicos”, afirmou a Diretora do Departamento Pedagógico e uma das responsáveis pela ideia, Ilma Brito.

A campanha inicia hoje, 05 de novembro, e vai até o dia 14 de dezembro. A ideia é que, quando vierem à Escola participar de capacitações, servidores e magistrados tragam suas doações e depositem na caixa instalada na recepção. São solicitados produtos de higiene pessoal (sabonete, creme dental, escova de dente, shampoo), brinquedos e roupas infanto-juvenis novos ou usados, em bom estado de conservação.

Tudo o que for arrecadado será destinado à festa de Natal que será realizada pelo Aconchego da Vó Maria às mais de 150 crianças e adolescentes carentes acolhidas por Maria da Conceição Gomes ou Vó Maria, como é chamada. Há 15 anos, ela cuida de crianças e adolescentes da região em que vive, o Bairro Lagoa, na Capital, que ficam sob sua responsabilidade durante todo o dia e as vezes à noite, para que as mães possam trabalhar e/ou estudar. No Aconchego, eles são alimentados, levados à escola e recebem reforço escolar. As despesas são custeadas com doações e com o dinheiro arrecadado em um brechó realizado todos os sábados na própria creche. Já as funções são desempenhadas voluntariamente por vizinhas e pela família de Vó Maria. (conheça a história completa aqui)

 

A iniciativa dos servidores é bem vista e apoiada pela Direção da Escola. “Essa é só uma faceta das várias ações de responsabilidade social que realizamos, a exemplo do Projeto Se a Vida ensina, eu sou aprendiz, que oferece profissionalização a jovens em cumprimento de medida socioeducativa. Nós abraçamos a ideia pois conhecemos o importante trabalho da Vó Maria para a comunidade e queremos continuar colaborando”, afirmou Guilherme Ribeiro Baldan, diretor da Emeron em exercício.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066