Entre 3 e 6 de junho, foi realizada mais uma Formação Inicial em Brigadista de Emergência, desta vez em Ji-Paraná. Viabilizado pela Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron), o curso tem o objetivo de ampliar o número de servidores capacitados a atuar nas brigadas dos prédios das comarcas do Poder Judiciário do Estado.

A formação já foi realizada, em maio, nas comarcas de Porto Velho e Ariquemes, e ocorrerá também em Rolim de Moura, em agosto. Essas comarcas funcionam como polos para o curso, com servidores dos municípios vizinhos também participando do treinamento.

As atividades são coordenadas pelo major Francisco Andrade Júnior e pelo sargento Esdras Trajano, respectivamente assessor e adjunto na Assessoria Bombeiro Militar (ABM) do Tribunal de Justiça de Rondônia. O treinamento aborda os aspectos conceituais, procedimentais e atitudinais necessários à atuação do brigadista, tanto em primeiros socorros quanto na prevenção e combate a incêndio.

Entre os conteúdos de atendimento pré-hospitalar, estão: noções básicas de anatomia, biomecânica do trauma, avaliações de cenário, reanimação cardiopulmonar, obstrução das vias aéreas por corpo estranho (OVACE), fraturas, hemorragias, queimaduras, triagem, manipulação e transporte de pacientes. Já a parte de incêndio inclui a teoria do fogo, métodos de propagação e extinção, responsabilidade do brigadista, incêndios históricos, classes de incêndio, plano de emergência e abandono de área.

Além de prova teórica, o curso conta com práticas de combate a incêndio e primeiros socorros, em que cada brigadista é avaliado pelos instrutores. Gilvan Caetano, de São Miguel do Guaporé, gostou da dinâmica da formação: “Os ministrantes têm capacidade para transmitir o conhecimento e isso vai nos ajudando ao longo dos dias, a prática do dia a dia deles ajuda muito para que eles possam ministrar o curso com excelência”. O servidor aprovou a ênfase nas avaliações. “Gostei muito da cobrança em prova, o que traz para a gente uma característica de que nós aprendemos de verdade, seja na prática ou na objetiva”, diz.

Gilvan, que é supervisor de segurança, destaca ainda a tranquilidade adquirida com o treinamento para sua atuação na comarca: “A gente recebe muito público, crianças, idosos, pessoas com deficiência, grávidas, agora se acontecer uma situação de emergência a gente está ali preparado para fazer o pré-atendimento hospitalar, o que é muito importante nas comarcas”.

Mádala Vieira, diretora do cartório distribuidor do fórum de São Francisco do Guaporé, ficou surpresa com a riqueza do conteúdo. “Imaginava que um curso inicial não ia ser tão rico, a parte que mais gostei foi a prática, com certeza. É um aprendizado sensacional e especialmente com essa questão dos primeiros socorros, de anatomia e tudo mais, acredito que todo servidor deveria passar por esse curso”, afirma a nova brigadista.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066