Notice: Undefined property: Joomla\CMS\Document\HtmlDocument::$base in /var/www/html/Emeron/libraries/src/Document/Document.php on line 951
Comunidades sustentáveis e ações contra a desigualdade e a mudança do clima integram Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU - Emeron

No dia de hoje da Semana Nacional do Meio Ambiente, a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) ressalta quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a transformação do nosso mundo. A Emeron passou a fazer parte do Pacto Global, ação mundial da ONU na busca por esses objetivos.

O décimo ODS diz respeito à redução da desigualdade dentro dos países e entre eles. As metas e indicadores de cada objetivo fazem parte da Agenda 2030 da ONU, para ser trabalhada pelos países ao longo dos próximos dez anos. Sete metas principais compõem o ODS10, entre elas: alcançar e sustentar o crescimento da renda da população mais pobre; empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos; garantir a igualdade de oportunidades, inclusive por meio da eliminação de leis, políticas e práticas discriminatórias e da promoção de legislação e ações adequadas; adotar políticas, especialmente fiscal, salarial e de proteção social, e alcançar progressivamente uma maior igualdade; melhorar a regulamentação e monitoramento dos mercados e instituições financeiras globais; assegurar uma representação e voz mais forte dos países em desenvolvimento nas instituições econômicas e financeiras internacionais; e facilitar a migração e a mobilidade ordenada, segura, regular e responsável das pessoas.

Já o ODS11 trata de tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. Para isso, são metas até 2030 garantir serviços básicos a todos e habitação segura, adequada e a preço acessível, urbanizar as favelas, proporcionar sistemas de transporte seguros, acessíveis, sustentáveis, por meio da expansão dos transportes públicos, aumentar a urbanização inclusiva e sustentável, e as capacidades para o planejamento e gestão de assentamentos humanos participativos e integrados, em todos os países. Também fazem parte dos indicadores do decênio fortalecer esforços para proteger e salvaguardar o patrimônio cultural e natural do mundo, reduzir o número de mortes e de pessoas afetadas por catástrofes e as perdas econômicas diretas causadas por elas em relação ao produto interno bruto global, reduzir o impacto ambiental negativo per capita das cidades, e proporcionar o acesso universal a espaços públicos seguros, inclusivos, acessíveis e verdes.

O ODS12 é assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis, com oito metas principais. Entre elas, estão: alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais; reduzir o desperdício de alimentos per capita mundial, nos níveis de varejo e do consumidor, e as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento; alcançar o manejo ambientalmente saudável dos produtos químicos e todos os resíduos, e reduzir a liberação destes para o ar, água e solo; reduzir a geração de resíduos por meio da prevenção, reciclagem e reuso; incentivar as empresas a adotar práticas sustentáveis e a integrar informações de sustentabilidade em seu ciclo de relatórios; promover práticas de compras públicas sustentáveis; e garantir que as pessoas, em todos os lugares, tenham informação relevante e conscientização para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza.

Por fim, o ODS13 contempla tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos. Esse objetivo reconhece que a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) é o fórum internacional intergovernamental primário para negociar a resposta global à mudança do clima. São três as metas principais que compõem o grupo de indicadores: reforçar a resiliência e a capacidade de adaptação a riscos relacionados ao clima e às catástrofes naturais em todos os países, integrar medidas da mudança do clima nas políticas, estratégias e planejamentos nacionais, e melhorar a educação, aumentar a conscientização e a capacidade humana e institucional sobre mitigação, adaptação, redução de impacto e alerta precoce da mudança do clima.

Conheça os ODS anteriores, clicando aqui e aqui.

Crédito: ONU

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066