Durante o mês de setembro, duas pós-graduações lato sensu da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) iniciaram as apresentações dos trabalhos de conclusão de curso (TCC): a Especialização em Direito para a Carreira da Magistratura (EDCM), turma de Ji-Paraná, e em Gestão Cartorária Judicial (Gesc), esta por meio de seminários. As apresentações da EDCM foram transmitidas, pela primeira vez, no YouTube da Emeron (youtube.com/EscolaEmeron).

No último dia 11, aconteceu o seminário inicial da Gesc, com trabalhos de metade da turma e todo realizado pelo Google Meet. Ao longo da manhã e da tarde, ocorreram dez bancas de avaliação, separadas por sala específica na plataforma e com intervalo de 10 minutos após cada apresentação. O objetivo foi examinar os resultados das pesquisas realizadas, na forma de monografias ou artigos científicos, para serem avaliadas com fins de aprovação final, conforme regimento de curso.

Entre os temas abordados, estiveram estudos de caso e análises sobre a informalidade das intimações criminais como práticas cartorárias, impacto da evolução e utilização do Processo Judicial eletrônico (PJe), Pesquisas de Clima Organizacional do Tribunal de Justiça de Rondônia, Inteligência Artificial (IA) e gestão cartorária, até assuntos muito atuais, como produtividade e economia no home office do Poder Judiciário do Estado na pandemia. O seminário foi conduzido pela professora da disciplina de metodologia da Gesc, Ione Konzen.

No dia 3 de outubro, será realizado o segundo seminário, com a outra metade dos 28 alunos da terceira turma da pós-graduação, que é voltada a servidores do TJRO lotados em cartórios de Porto Velho e das comarcas do interior. Novamente no Google Meet, a finalização das apresentações dos trabalhos será a atividade acadêmica de encerramento da especialização, após 20 módulos de disciplinas.

EDCM

Da mesma forma, para atender os atos preventivos à pandemia da Covid-19 e a instrução n° 2/2020 da Emeron, a EDCM também iniciou as apresentações de TCC na forma de videoconferência. A primeira a utilizar a modalidade foi a aluna Nathiely Cavalheiro, de Ji-Paraná, com transmissão ao vivo pelo canal da Emeron no YouTube, no dia 14.

Integrante da turma 2019 na cidade do centro do estado, onde a Emeron mantém um núcleo pedagógico, a acadêmica apresentou a monografia intitulada “A Primeira Infância e o Poder Judiciário”, orientada pelo magistrado do PJRO e professor da Emeron, juiz Rogério Montai. A live foi conduzida pela coordenadora da EDCM em Ji-Paraná e magistrada do TJRO, juíza Larissa Pinho Lima, também professora do curso e integrante da banca, que contou ainda com o convidado externo Humberto Dalla Bernardina, membro do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

“Recomendo apresentar por videoconferência, é muito tranquilo poder fazer do conforto do lar e achei melhor, pois a pressão não é tão grande”, relata Nathiely, que foi aprovada. Ainda sem previsão de retorno às atividades presenciais, a instrução da Emeron possibilita que os discentes aptos à apresentação do TCC nesse período de distanciamento social realizem a banca por meio virtual, caso haja interesse.

Outras duas bancas, também de alunas de Ji-Paraná estão agendadas para as próximas semanas. Na terça-feira, 30 de setembro, 16:30h (hora de Rondônia), a discente Cínthia Camila Noronha Oliveira, apresentará o trabalho “Justiça Restaurativa: Método Adequado Para Resolução de Conflitos”, orientado pela magistrada e professora Úrsula Gonçalves Theodoro de Faria Souza. Já no dia 14 de outubro, às 16h (hora de RO), é vez da aluna Ana Paula Menegaz Pereira, orientada pelo professor e juiz do TJRO Ivens Fernandes, com o tema Crimes Cibernéticos.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440