Pelo quarto ano consecutivo, o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia foi reconhecido com o Selo Diamante do Prêmio CNJ de Qualidade, na categoria tribunal estadual. Dentre as metas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça e alcançadas pelo TJRO estão atividades realizadas pela Escola da Magistratura de Rondônia (Emeron).

O anúncio dos ganhadores aconteceu nesta terça-feira, 22 de novembro, no Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília. Os desembargadores Marcos Alaor Diniz Grangeia, presidente do TJRO, e o desembargador José Antônio Robles, corregedor-geral do tribunal, receberam o prêmio acompanhados do desembargador Álvaro Kalix Ferro, coordenador das metas, e dos juízes auxiliares da presidência e corregedoria, Guilherme Ribeiro Baldan e Johnny Gustavo Clemes. Também estava presente o desembargador Miguel Monico Neto, vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral - TRE/RO, ganhador do Selo Ouro do Prêmio CNJ de Qualidade, que recebeu a premiação representando o presidente do TRE Paulo Kiyochi Mori.

Conforme apuração do CNJ, o tribunal rondoniense alcançou 83,4% das metas estabelecidas, ficando em terceiro lugar entre os tribunais estaduais. O Tribunal de Justiça de Roraima obteve a primeira colocação e o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios a segunda posição.

Dentre os critérios avaliados no prêmio estão ações de prevenção e enfrentamento ao assédio moral, sexual e discriminação, e acessibilidade e inclusão. Ambas foram temas de capacitações oferecidas pela Emeron, que contribuíram para a pontuação alcançada pelo TJRO.

No eixo da governança, também há o requisito Gestão de Memória e Documental, em que a Emeron atua por meio do Centro Cultural e de Documentação Histórica do TJRO. Nesse requisito, o TJRO alcançou a pontuação máxima.

O Prêmio CNJ de Qualidade foi criado em 2019, em substituição ao antigo Selo Justiça em Números. Desde então, anualmente o TJRO tem se destacado no cenário da Justiça brasileira, recebendo o selo diamante como reconhecimento à qualidade de sua prestação jurisdicional.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_oficial, facebook.com/emeron.oficial e youtube.com/EscolaEmeron

//
Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Av. Rogério Weber, 1872, Centro. CEP 76801-906
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440