A recém empossada direção do Biênio 2020-2021 da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) promoveu na manhã de hoje, 10, um momento de integração com a equipe técnica da unidade. As atividades foram iniciadas com um café da manhã colaborativo, onde cada um doou um item, como uma analogia aos resultados positivos obtidos pela união do espírito de equipe e da cooperação.

 

Abrindo as atividades, o novo vice-diretor, Juiz de Direito Edenir Sebastião Albuquerque da Rosa, representando o Diretor, Desembargador Miguel Monico Neto, fez um pequeno discurso em que destacou um dos princípios norteadores para os próximos dois anos: o foco nas pessoas. Edenir explicou que esse objetivo será trabalhado em duas perspectivas, a primeira interna, voltada àqueles que trabalham na Escola, a partir da construção de um ambiente de trabalho sadio e motivador, e a segunda, para seu público-alvo, que deve receber um serviço de qualidade e excelência.

 

Conduzida pela Secretária-Geral Jucilene Nogueira Romanini Mattiuzi, a reunião permitiu que a nova direção pudesse conhecer todos os membros da equipe e que os colegas pudessem aprofundar suas relações com os companheiros de trabalho a partir de duas indagações: quem é e o que faz na Escola e o que gosta de fazer em seu tempo livre. Nos depoimentos, foram descobertas histórias de vida, coincidências e gostos comuns que permitiram aos servidores ter um novo olhar uns sobre os outros.

 

Na ocasião, a Secretária pediu à equipe esforços para a melhoria da comunicação interpessoal, como forma a agilizar os processos; e que essa comunicação seja pautada pelo respeito e pela empatia no tratamento diário entre os colegas de trabalho, como forma a evitar conflitos e manter o ambiente laboral sempre saudável e agradável. Encerrando a reunião, o vice-diretor reforçou a perspectiva da nova gestão em dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido desde gestões anteriores, aprimorando as atividades e com foco nas pessoas que compõem o Tribunal. “Há um recorrente lamento: a instituição não me valoriza. O que nós queremos é, por meio das atividades da Escola, demonstrar que a valorização existe e que esse espaço pode possibilitar que cada um tenha a oportunidade de aprender, de se reinventar, e de buscar seus sonhos”, concluiu.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066