As cúpulas diretivas da Escola da Magistratura de Rondônia (Emeron), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Polícia Militar de Rondônia (PMRO) se reuniram na sexta-feira, 7, para tratar sobre a propositura de uma nova pós-graduação lato sensu, a ser destinada à corporação militar. A Emeron já desenvolve, em parceria com a PMRO, uma especialização em Gestão Pública exclusiva para oficiais e praças, cuja primeira turma está em andamento.

Participaram da reunião o diretor da Escola da Magistratura, desembargador Miguel Monico Neto, o vice-diretor, juiz Edenir Albuquerque, e a secretária geral Jucilene Nogueira Mattiuzi, além de representantes da área pedagógica da Emeron; o presidente da Escola Superior de Contas, conselheiro Wilber Coimbra, acompanhado por equipe do TCE; e o comandante-geral da PMRO, coronel Ronaldo Correa, com sua coordenadoria de ensino.

A proposta envolve a criação de uma pós-graduação voltada à área de gestão e governança pública, a ser realizada como complemento ao Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO), formação de 800 horas-aula que é pré-requisito para as promoções a major, tenente-coronel e coronel. A Escola Superior de Contas e a Escola da Magistratura já mantêm um acordo de cooperação técnica, por meio do qual ofertaram a especialização em Estudos Avançados sobre o Crime Organizado e Corrupção (Orcrim) aos membros e servidores do Sistema Estadual de Justiça. Para a nova pós-graduação, o acordo seria mantido, com o TCE como responsável pelos custos do curso e a Emeron ofertando sua estrutura física e técnica e a certificação dos alunos ao final da especialização.

O conselheiro Wilber Coimbra apontou a importância da nova parceria entre as três instituições: “Queremos que o serviço público, em conjunto, transforme vidas e para isso colocamos nossa Escola de Contas à disposição, pois acreditamos que os agentes públicos devem permanentemente amealhar competências”. Ele assinalou o fato de vários oficiais da PMRO serem emprestados para outras pastas. “Policiais precisam de expertise para atuar sob o olhar controlador do TCE, de forma a profissionalizar a administração pública e para que os oficiais participem do projeto de governança pública do estado”, afirmou Wilber.

Os conhecimentos oferecidos na nova especialização se dariam de forma transversal, indo desde o planejamento estratégico da própria polícia até a área de orçamento público e realização de editais. Para o coronel Ronaldo, as dificuldades em alguns projetos de gestão pública seriam sanadas e os policiais militares passariam a ser mais que meramente operacionais. “Não basta sermos doutores em segurança ou policiamento ostensivo, por isso estamos buscando parceria com os poderes, para fortalecer a instituição PMRO”, disse o comandante-geral.

Cerca de 40 oficiais seriam beneficiados pela primeira turma do curso, prevista para iniciar no segundo semestre letivo de 2020, com duração de um ano. Os próximos passos incluem a oficialização das tratativas junto à Emeron, para que a Escola dê início ao planejamento pedagógico da especialização, com a definição das matérias, carga horária e professores ministrantes. “A polícia de Rondônia está crescendo muito e já está entre as melhores do país nos índices de segurança pública e inovação tecnológica, e essa dupla certificação dos oficiais pelo Curso de Aperfeiçoamento em conjunto com a nova pós-graduação contará muito, também pelo significado e simbologia da Emeron”, concluiu o comandante Ronaldo.

O desembargador Miguel Monico declarou o orgulho da Escola em receber a demanda: “É importante poder atender uma instituição tão importante como a PMRO, da qual admiramos o trabalho diariamente, assim como o TCE, para uma missão mais eficiente em conjunto”. Por fim, o diretor destacou que a Emeron está de portas abertas às demais instituições do estado, para atender a todos da forma mais rápida e eficaz.

Ao final da reunião, o desembargador e a diretora do Departamento Pedagógico da Emeron, Ilma Brito, conduziram os visitantes em uma visita pelas instalações da Escola. O encontro foi encerrado com uma breve participação da comitiva na aula da pós em Gestão Pública, que acontecia concomitante à reunião.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: twitter.com/emeron_rondonia e facebook.com/EmeronRO

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066