Notice: Undefined property: Joomla\CMS\Document\HtmlDocument::$base in /var/www/html/Emeron/libraries/src/Document/Document.php on line 951
Transmissões ao vivo da Emeron abordam desafios da magistratura e alienação parental - Emeron

Na última semana, mais duas transmissões ao vivo deram continuidade às ações educacionais da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) de ordem técnica, gerencial e comportamental, realizadas a distância. A promoção de eventos online foi normatizada em junho, por meio de instrução própria da Emeron motivada pela suspensão das atividades presenciais, ainda em vigor.

Na quarta-feira, 15, o magistrado do Tribunal de Justiça de Rondônia, ex-diretor da Emeron e atual presidente do Tribunal Regional Eleitoral do estado, desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia, ministrou a palestra “Magistratura: desafios e vocação”. Realizada pela plataforma Google Meet, a atividade foi voltada aos alunos e egressos da Especialização em Direito para a Carreira da Magistratura (EDCM), pós-graduação oferecida pela Emeron, universitários e demais interessados.

Mestre em Poder Judiciário pela Fundação Getúlio Vargas e professor da Emeron e da Universidade Federal de Rondônia, Marcos Alaor abordou a responsabilidade e os desafios da magistratura, o novo cenário do judiciário e a vocação como fator de transformação. O magistrado destacou a importância de os cursos de graduação em Direito trabalharem o aspecto vocacional para a carreira: “Há sacrifício diuturno, doação total e a solidão da decisão do magistrado, algo que precisa estar presente no dia a dia e ser parte da sua vocação”.

Entre os principais desafios, segundo Alaor, está justamente o das escolhas. “Não haverá quem consultar e você deverá fazer escolhas muitos difíceis, porque magistratura não é emprego e sim uma carreira para vocacionados”. Ao final, o desembargador teve uma conversa com os alunos, respondendo a perguntas.

Alienação parental

Nesta segunda-feira, dia 20, ocorreu o seminário online Reflexões sobre Alienação Parental e Conflitos Familiares: Implicações Jurídicas, Sociais e Psicológicas, transmitido pelo canal da Emeron no YouTube (youtube.com/EscolaEmeron). Destinado a profissionais do judiciário, assistência social e psicologia, estudantes e interessados em geral, o evento contou com a participação de quatro ministrantes: Zeno Germano de Souza Neto e Fredson Batista, psicólogos das Varas de Família de Porto Velho e mediadores de conflitos; Claudia de Fátima Barbosa, assistente social das Varas de Família (os três servidores do TJRO); e Charles Martins, do Ministério Público de Rondônia, promotor de justiça titular da 2ª Promotoria de Justiça de Porto Velho.

Gestor do Serviço Psicossocial de Apoio às Varas de Família, Fredson iniciou as falas contando um pouco sobre a rotina nos núcleos psicossociais e a atuação dos psicólogos e do serviço social nos conflitos familiares. “No meio desses processos, surgem situações que envolvem alienação parental”, disse Fredson, que a seguir apresentou a conceituação e a Lei de Alienação Parental.

Logo após, Charles, que é professor da Escola Superior de Advocacia, aprofundou a temática da legislação, a partir do direito de família. “A alienação é uma interferência na formação psicológica da criança, promovida pelo pai, mãe ou responsável para que repudie ou prejudique o vínculo com o outro genitor, mas a separação conjugal não dá o direito de ferir a relação do outro genitor com o filho e o direito fundamental de convivência familiar”, explicou o promotor.

Claudia falou sobre a convivência familiar e casos em que a alienação parental ocorre antes mesmo da separação do casal. “A criança ou adolescente é a principal vítima, mas o alienador e o alienado também precisam de um olhar de atenção, pois às vezes a prática é feita mesmo sem consciência”, pontuou a assistente social.

Doutor em Psicologia, Zeno continuou as críticas e reflexões a respeito da lei, passando pela visão da prática psicológica. “Há vários casos em que há efeitos psicopatológicos nocivos nas crianças, que seria o grau máximo dessa condição de efeito”, alertou o psicólogo. Ao final do seminário, os ministrantes responderam às diversas perguntas do público.

Os eventos transmitidos pela Emeron são gratuitos e com certificação, de acordo com a carga horária ministrada em cada fórum, palestra ou webinário. Todas as transmissões ficam disponibilizadas no YouTube da Emeron para visualização posterior.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3217-1066