Na semana passada, a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) finalizou o webinário Comunicação Positiva para Desenvolvimento de uma Cultura de Paz, ministrado pelo psicólogo do Tribunal de Justiça de Rondônia Leandro Fonseca Missiatto. Com transmissões ao vivo pela plataforma Google Meet, os cinco encontros de duas horas aconteceram semanalmente ao longo de um mês, sempre com cerca de cem participantes. Todas as gravações foram disponibilizadas na íntegra no canal da Emeron no YouTube (youtube.com/EscolaEmeron), organizadas em uma playlist.

Com 10 horas-aula de certificação ao final, o seminário virtual teve como público-alvo os profissionais do judiciário, prioritariamente mediadores e conciliadores, além de estudantes e público geral. Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Rondônia e docente do curso de Psicologia da Faculdade Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed), Leandro falou, no primeiro encontro, sobre a linguagem como mecanismo de dominação e violência.

Uma das referências utilizadas pelo ministrante na formação foi a Comunicação Não Violenta (CNV), inicialmente sistematizada pelo psicólogo estadunidense Marshall Rosenberg, como apoio a relações de parceria e cooperação, nas quais predomina a comunicação eficaz e com empatia, enfatizando ações à base de valores comuns. Nos demais módulos, Leandro abordou as temáticas: observar e não julgar; compreender sentimentos e necessidades; o poder da empatia; ser compassivo consigo mesmo e a raiva como aliada.

O conteúdo, segundo o professor, foi na verdade “mais do que um programa, e sim uma troca de experiência, de vivências e de esperança”. Ele agradeceu a possibilidade de propor a ação educacional aos colegas e demais interessados no tema, por meio da instrução nº 2/2020, publicada em junho pela Emeron: “Esse encontro foi proporcionado primeiro a partir da criatividade e generosidade da Escola, que oportunizou que nós servidores elaborássemos esses webinários, então muito obrigado à Escola e ao TJRO pela chance de levarmos esses conhecimentos”. A instrução permite que magistrados e servidores, além de docentes e discentes da Emeron, proponham temas e formatos para realização na modalidade de live. O formulário pode ser acessado na página: emeron.tjro.jus.br/inscricoes

YouTube

Além do webinário, todas as demais lives, tanto as realizadas diretamente no YouTube como as pelo Google Meet, são disponibilizadas de forma permanente no canal da Emeron. Para receber as notificações dos novos conteúdos, incluindo as lives, basta se inscrever no canal: youtube.com/EscolaEmeron

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440