A Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) e a Polícia Militar de Rondônia (PMRO), por meio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), iniciaram na manhã de ontem (21) a entrega das mudas de árvores da Campanha Adote o Futuro. A ação, promovida como atividade de extensão da Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Ambiental, ofertada pela Emeron, visa a adoção de árvores para o confronto ao desmatamento na Amazônia.

Os adotantes compareceram à sede da Emeron dentro dos horários previamente agendados pelo site da campanha e foram recepcionados pelas equipes da Emeron e do BPA, que identificavam junto aos adotantes os objetivos da adoção: plantio em área urbana ou rural, árvore frutífera ou árvore para fazer sombra. Espécies como Ipê, de várias cores, entre eles o Ipê branco, considerado raro; jaca, jabuticaba, caju, palmeira imperial e palmeira cariota foram algumas das espécies disponibilizadas para adoção no primeiro dia da campanha.

Uma das adotantes da campanha é a servidora da Emeron, Risoneide Alves. Mãe de três filhos, Risoneide diz que sempre aproveita a oportunidade de participar de campanhas como essa: “É muito bom plantar, ajudar a reflorestar”. Ela conta que a família tem uma área que já tinha sido anteriormente toda derrubada, exceto por dois pés de manga. “A gente conserva e desde então temos tentado arborizar essa área, todos os anos plantamos algumas mudas e eu envolvo muito as crianças nisso, para conscientizá-las de que precisa preservar a natureza, porque senão daqui a um tempo não tem nem oxigênio”, alerta Risoneide.

Por esses motivos, por representarem o futuro e as próximas gerações, as crianças são o principal público-alvo da campanha. “Para eles é uma festa, inclusive o meu filho João hoje já estava cobrando para ir lá molhar a planta, eles são bastante envolvidos e conscientes”, compartilha a servidora. Ela buscou três mudas na Emeron e o marido vai retirar mais três: “Peguei dois pés de jaca, que são árvores grandes, e um pé de caju, então além de dar o fruto, que eu amo colher e as crianças também, a gente gosta de arborizar, de dar de volta à terra aquilo que foi tirado, que são as árvores, eu amo mesmo o meio ambiente, amo plantar e fico muito grata com isso”.

Os adotantes recebem uma “certidão de nascimento” das espécies, registrando o compromisso da adoção. O agendamento da retirada pode ser feito no site da campanha, que também apresenta informações sobre a importância das árvores para o equilíbrio do meio ambiente, descrição das espécies doadas e vídeos explicativos sobre o plantio e a política de sustentabilidade do Tribunal de Justiça de Rondônia.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440