Sara Janayna, 10 anos, fez um pedido bem especial ao Papai Noel este ano. “Queria pedir que o senhor não saia de casa. Não quero que o senhor fique doente”. Para cumprir o pedido e ainda assim, entregar os presentes solicitados por milhares de crianças, o bom velhinho conta com a ajuda de muitos elfos que, mobilizados pela Campanha Papai Noel dos Correios, possibilitam a realização dos sonhos descritos nas cartinhas endereçadas a ele.

 

Criada há três décadas, a campanha nacional arrecada, junto à sociedade e órgãos parceiros, presentes para crianças em situação de vulnerabilidade social e alunas da rede pública de ensino, além de estimular nelas a prática da escrita. Este ano, o Tribunal de Justiça de Rondônia e a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia participaram, mais uma vez, como padrinhos institucionais da Campanha, adotando 100 cartas de alunos, do 1° ao 5° ano, da Escola Municipal Pé de Murici, localizada no Bairro Planalto, Zona Leste de Porto Velho, além de estimular magistrados e servidores das Comarcas do Interior a adotarem diretamente no site da campanha.

 

O número de cartas adotada foi menor em relação aos anos anteriores em virtude da pandemia do novo coronavírus, que impediu a mobilização presencial nas salas nos prédios do judiciário. Mesmo de forma virtual, apenas com a entrega presencial, o resultado da campanha foi positivo. “Nós atendemos uma média de 130 crianças, pois várias das 100 cartas pediam doações também para os irmãos dos autores. Estamos muitos felizes de ter ultrapassado nosso objetivo, nossos magistrados e servidores abraçaram a causa, cumpriram com todos os pedidos e também doaram cestas básicas para as famílias”, afirmou a Secretária Administrativa do TJRO, Elaine Piacentini Bettanin.

 

Nas cartas, a inocência dá espaço à preocupação e muitos pedidos de brinquedos foram substituídos por petição de cestas básicas, roupas e materiais escolares, escancarando as dificuldades socioeconômicas causadas pela pandemia. “Neste momento é ainda mais importante participar da campanha. A Emeron e o TJRO têm um histórico reconhecido de trabalho social, de mobilização em torno de causas, mas mais que isso, este ano também participamos como uma confraternização, mesmo que à distância, onde todos se uniram pelo propósito de fazer o bem neste momento ainda mais difícil para quem está em situação de vulnerabilidade”, pontuou a Secretária-Geral da Emeron, Jucilene Nogueira Romanini Mattiuzi

 

Na manhã de ontem (23), foi realizada a entrega das doações para a equipe dos Correios responsável pela campanha. Participaram da entrega, Elaine Piacentini, o Secretário-Geral, Juiz Rinaldo Forti e a Assessora de Comunicação da Emeron, Neuma Oliveira Souto Dória, representando a Secretária-Geral da Escola. Os presentes foram repassados à Escola Pé de Murici para a distribuição entre os alunos ainda antes do dia 24 de dezembro.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440