Ao longo do último mês, entre os dias 15 de março e 11 de abril, a Escola da Magistratura de Rondônia (Emeron) realizou a primeira turma de 2021 do curso Sustentabilidade. Promovida por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Emeron, a formação autoinstrucional é destinada a todos os servidores e servidoras do Tribunal de Justiça do Estado, divididos em turmas a cada semestre do ano.

Realizado inicialmente no fim de 2020, em turma de 300 participantes que também incluía magistrados e magistradas do TJRO, o curso sobre a temática está alinhado ao Plano de Logística Sustentável (PLS), implementado em 2016 e que passou por atualização no fim do ano passado. O plano, diretamente ligado aos indicadores que formam o Índice de Desenvolvimento Sustentável (IDS) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), delineia ações, indicadores e metas para o aperfeiçoamento contínuo da qualidade do gasto público, o uso sustentável de recursos naturais e bens públicos e para a promoção da qualidade de vida no trabalho.

Ministrada pela coordenadora do Núcleo de Acessibilidade, Inclusão e Gestão Socioambiental (Nages) do TJRO, Maiara Ribeiro de Moraes, a capacitação faz parte da estratégia de formação de consciência ambiental do público interno do Poder Judiciário, visando à participação de todos nas tomadas de decisões e aplicação do PLS. Com pós-graduação em Gestão Pública, a ministrante apresenta o histórico de formação do conceito de sustentabilidade e sua inserção como valor institucional no judiciário, o plano de logística sustentável, trazendo como exemplo o plano do TJRO, e sua abrangência sobre as compras públicas, descarte de resíduos e utilização de recursos.

O aluno Jeffthy Marinho Batista, assessor especial na Assessoria de Planejamento do Tribunal, comenta que o curso representou iniciativa de grande contribuição para a capacitação dos servidores e servidoras em temática tão relevante. Ao longo de 8 horas, preenchidas por aulas gravadas por Maiara, além de outros vídeos e material para leitura, os participantes recebem conhecimentos como a importância da educação ambiental, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que culminam com uma avaliação final, necessária para a certificação.

“Com linguagem simplificada e acessível, a formação proporcionou compreensão a respeito dos principais assuntos relacionados à preservação do meio ambiente, com destaque para o Plano de Logística Sustentável do PJRO, bem como na conscientização e postura ativa de todos, tendo em vista contribuir com a sustentabilidade, sendo, nesse aspecto, responsáveis no presente, para deixar um legado às gerações futuras”, afirma Jeffthy. A próxima turma está prevista para o mês de agosto, para outros mil servidores e servidoras, sendo também disponível para demais magistrados e magistradas que ainda não realizaram o curso.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440