Na última sexta-feira (16), a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) entregou ao Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) uma nova versão do EscolaWeb Mobile, sistema de gestão desenvolvido por analistas da Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) da Escola. O software será institucionalizado pelo Poder Judiciário na gestão orçamentária da área administrativa.

 

O EscolaWeb foi implantado pela DTIC em 2016 para promover a integração pedagógico-administrativa da Emeron. Desde então, todas as informações referentes a uma ação educacional, como orçamento, contratações, projeto pedagógico, inscrições, controle de turmas, frequência e certificação são centralizadas em um mesmo cadastro, permitindo que as equipes consigam trabalhar em diferentes atividades a partir da mesma fonte de dados.

 

A proposta de institucionalização do EscolaWeb Mobile pelo TJRO foi sugerida pelo Gabinete de Governança (GGOV) e recebeu a maioria dos votos dos secretários e diretores de departamento da área administrativa, após a análise de várias alternativas para o gerenciamento orçamentário, dentre elas, a aquisição de software específico. A proposição foi aceita pela Direção da Emeron, que autorizou o compartilhamento do sistema e determinou prioridade no atendimento da demanda. “O EscolaWeb surgiu da preocupação em aprimorar os processos de trabalho, de permitir que todos pudessem desenvolver suas funções com as mesmas informações, em um mesmo nível. É o trabalho em conjunto que nos sustenta como uma instituição de excelência. A institucionalização do sistema pelo TJ reconhece esse esforço, que se iniciou em outras gestões, mas que continua sendo prioridade para nós”, afirmou o Diretor da Emeron, Desembargador Miguel Monico Neto.

 

Atualmente, o controle das dotações orçamentárias é feito de forma macro no Sistema Integrado de Gestão Administrativa – Siga, mas o acompanhamento interno do orçamento pelas unidades é individualizado. Ao adotar o sistema da Emeron, a tarefa passa a ser totalmente automatizada, substituindo planilhas e outros controles manuais, possibilitando o detalhamento das despesas em menor nível, diversos tipos de relatórios para uma monitoria minuciosa e a e unificação dos dados em uma mesma plataforma.

 

A nova versão do sistema passou por modificações como a supressão das funcionalidades pedagógicas, que ficam disponíveis apenas para a Emeron, e criação de módulos independentes de acordo com as especificidades de cada unidade administrativa. A entrega do sistema encerrou a primeira fase das tratativas para a implantação do sistema, iniciadas em março. A partir de agora, o sistema entra em uso em modo de teste, com a orientação da GGOV, que irá monitorar cada base de dados e auxiliar com a operação do orçamento; da Emeron, que desenvolveu os módulos; e da STIC, que ofertou a estrutura para a disponibilização do sistema e prestará suporte ao usuário. Todo o processo de criação e implantação foi feito sem custos para o TJRO, visto que foi feito por servidores e servidoras do poder. “É um sistema criado por servidores da casa. Sem custos e com o total conhecimento daqueles que trabalham e conhecem as necessidades do Tribunal. Optar pelo EscolaWeb é premiar a iniciativa, o empenho dos nossos servidores e servidoras, afinal, foram eles que tornaram isso possível”, finalizou o diretor.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_rondonia, facebook.com/EmeronRO e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Rua Tabajara, 834. Bairro Olaria. CEP 76.801-316
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440