Foi realizado este mês, nos dias 4 e 5, o curso Unidade de Gestão de Mídias, voltado a servidoras e servidores do Tribunal de Justiça de Rondônia e da Escola da Magistratura do Estado (Emeron), que atuam na comunicação. Realizada na modalidade Educação a Distância (EaD) e formatada sob demanda, a formação visou aprimorar as competências de comunicação no âmbito do Poder Judiciário, com foco na preservação e fortalecimento da imagem institucional.

Participaram da capacitação as equipes da Coordenadoria de Comunicação Social (Ccom), do TJRO, e da Assessoria de Comunicação (Ascom), da Emeron, além de representantes de outras unidades que também utilizam as redes sociais de forma institucional. Ministrada pela agência de comunicação integrada Oficina da Palavra, de Brasília, pertencente ao Grupo InPress, a formação teve como instrutores especialistas em TV e redes sociais, além de um cinegrafista e uma fonoaudióloga, de forma a qualificar as equipes do TJRO e Emeron para uma comunicação mais eficiente e estratégica, com alinhamento da produção e distribuição de conteúdo.

O curso trabalhou dinâmicas práticas estruturadas a partir de situações reais, que simulam o dia a dia vivenciado pelos participantes. Iuna Sapia, psicóloga da Divisão de Saúde e Bem-Estar Organizacional (Disau), diz que foi um dos melhores que já fez: “Eles foram muito precisos na preparação teórica e prática, os exercícios foram muito significativos para entender todo o processo que envolve uma comunicação eficiente em mídias sociais, achei incrível e a equipe muito boa”.

A servidora, uma das que administra o Instagram da Disau, relata que muito do que faziam era baseado no que tinham de senso comum, por ver como outras instituições atuam. Após a formação, Iuna considera que tem muito mais respaldo técnico para representar a instituição na rede social. “Por exemplo, já mudou significativamente a questão da interação, a gente só colocava informação quanto a vacinação e eventos, agora comecei a criar interações usando as ferramentas da plataforma, como caixa de pergunta e enquete, encaminhar com mais frequência e já vejo mais acesso nas postagens”.

Outra questão abordada foi sobre os vídeos serem o que tem mais acesso hoje em todas as plataformas. “Também estou cobrando isso muito mais da nossa equipe, a gente faz projeto, faz ações e como regra só fazia postagem, matéria para o Instagram e encaminhava nos grupos de WhatsApp, agora estou fazendo o movimento de que todo mundo faça vídeo para reforçar a divulgação dos projetos, para a gente melhorar a nossa comunicação e o alcance das nossas ações”, conclui a psicóloga.

Oficina

No dia 13, ocorreu uma oficina adicional, apenas para os profissionais da Ccom e Ascom, na qual foram apresentados diagnósticos mais aprofundados de cada rede social do TJRO e Emeron, com análise do engajamento e sugestões para os pontos de atenção. Também foram estudados os públicos de cada canal e principais características dos perfis, e ao final trabalhada uma matriz de posicionamento digital, apontando o diferencial do canal, objetivos estratégicos e ações necessárias.

“O mundo hoje gira em torno das redes sociais, mais do que apenas estar presente nelas, precisamos entender como tornar a nossa presença um espaço de informação, de debates e que contribua para a formação cidadã. O curso e a oficina nos auxiliaram bastante a compreender o perfil de cada rede social e do nosso público e, principalmente, como podemos construir conteúdos mais atrativos para dialogar com a sociedade por esses canais”, pontuou Neuma Oliveira, que atua na Assessoria de Comunicação da Emeron.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_oficial, facebook.com/emeron.oficial e youtube.com/EscolaEmeron

Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Av. Rogério Weber, 1872, Centro. CEP 76801-906
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440