A Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) promoveu em Cacoal, na semana passada, o I Seminário de Pesquisa Científica da Especialização Lato Sensu em Direito para a Carreira da Magistratura (EDCM). O evento, que já havia acontecido há 20 dias na sede da Escola em Porto Velho, foi realizado no interior entre 20 e 22 de maio pelo Núcleo Pedagógico (Nuped) da Emeron na cidade, localizado na Uninassau.

Destinado aos pós-graduandos em fase de elaboração de trabalho de conclusão de curso, o seminário visou promover a troca de conhecimentos e experiências, além de estimular a produção científica na área jurídica. Também foi uma oportunidade para dar foco às atuais discussões acadêmicas realizadas no núcleo, que conta com estudantes de cidades adjacentes.

Na abertura do evento, os participantes contaram com diálogos da docente e representante da coordenação do Nuped Cacoal, juíza Emy Karla Yamamoto, e da professora de Metodologia da Pesquisa Científica da EDCM em Porto Velho, juíza Roberta Cristina Garcia Macedo, que ressaltou a complexidade e meticulosidade do processo de pesquisa e a importância de eventos voltados para a área.

“Este encontro proporcionou uma valiosa troca de experiências, tanto no âmbito jurídico quanto na pesquisa científica em geral. O intuito é motivar os alunos a compartilharem suas vivências no processo de pesquisa, momentos como este enriquecem significativamente nosso ambiente acadêmico”, explica a magistrada.

Além disso, o psicólogo e docente de Orientação da Monografia da EDCM Cacoal, Leandro Aparecido Fonseca Missiatto, e a professora convidada da Universidade Federal de Rondônia (Unir) Rosalina Alves Nantes também ministraram palestras durante o seminário. A professora destacou a importância da escrita acadêmica e a necessidade de expandir o saber científico por meio de pesquisas.

Felipe Carvalho, advogado e aluno do curso em Cacoal, ressalta a importância dessa visão jurídica abordada durante o seminário para a carreira na área do direito. “Além de proporcionar uma compreensão mais ampla sobre a atuação dos magistrados, seminários como esses também enriquecem o currículo e permitem que tenhamos contato com a pesquisa científica, contribuindo para o reconhecimento de nossos trabalhos”, conta o discente. 

Durante os três dias, dez alunos de pós-graduação da Emeron puderam apresentar suas pesquisas a bancas examinadoras compostas por magistradas e magistrados docentes da EDCM. Cada apresentação foi realizada oralmente em um tempo contínuo de quinze minutos, seguida de contribuições e feedbacks das bancas. Os participantes também tiveram a oportunidade de conhecer grupos de pesquisa.

Os estudantes da EDCM que realizaram a entrega de suas respectivas monografias de conclusão de curso estão recebendo suporte dos docentes da pós-graduação para expandir e aprimorar seus trabalhos, de forma a transformá-los em artigos científicos no campo jurídico. O objetivo é que sejam publicados na 33º edição da Revista da Emeron, contribuindo para a disseminação do conhecimento acadêmico e jurídico da instituição.

 

Texto: Emily Costa (estagiária, sob a supervisão de Gustavo Sanfelici)

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

Permitida a reprodução mediante citação da fonte Ascom/Emeron

Acompanhe-nos nas redes sociais: instagram.com/emeron_oficial, twitter.com/emeron_oficial, facebook.com/emeron.oficial e youtube.com/EscolaEmeron

//
Poder Judiciário de Rondônia
Escola da Magistratura
Av. Rogério Weber, 1872, Centro. CEP 76801-906
emeron@tjro.jus.br
(69)3309-6440